comentar
publicado por berenice, em 22.10.09 às 13:58link do post | favorito

Quinta-feira, 22 de Outubro.

A minha Escola mudou de rosto. Muita gente nova e os velhos ou se aposentaram à pressa devidoà incrível pressão no trabalho (e sofreram, naturalmente, a respectiva penalização), ou desandaram para outra escola em que o ambiente seja mais acolhedor e haja menos atritos. Ainda hoje, ao olhar para a raíz da árvore onde estão inscritos os nomes dos mais antigos, uma colega me perguntava"A senhora tem aqui o seu nome?!"

Poderia ter ripostado "ai, a senhora, que horror! O meu nome é Berenice. Ou então, o clássico, "trata-me por tu, por favor". A verdade é que estou cansada, tive preguiça ou se calhar medo de cair no ridículo. Apenas disse com voz sumida: sim, estou aqui. E subi as escadas devagar, com um ar derrotado como se o raio da árvore me tivesse caído em cima arrancada por um tornado imaginário.

O fim-de-semana está a chegar. E não é que me dou conta que sinto um nó na garganta?

Queria ouvir vozes nesta casa mas não me posso queixar a ninguém porque as pessoas pensam logo numa companhia masculina. E eu, apenas queria a companhia de minha mãe. É um pouco irracional desejá-lo pois que ela já partiu há quase quinze anos mas não posso esquecer a voz dela, as suas mãos delicadas, a sua presença silenciosa, de um silêncio azul que enchia toda a casa e que me dava tanta segurança!


mais sobre mim
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21

25
27
28
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO